Querência da Alma – Nilton Ferreira


14ª Sapecada da Canção Nativa – Lages – SC – 2014.
Composição premiada com o Terceiro Lugar.

QUERÊNCIA DA ALMA

Letra: Zé Renato Daudt e Gujo Teixeira
Música: Beto Borges
Intérprete: Nilton Ferreira

Querência é tudo que sou
Minha vivência completa
É parte, todo e o sentido
Pra os meus olhos de poeta

São meus olhos de distâncias
Que me retornam à querência
Pedaço meu deste mundo
Que entendeu minha essência

O pago é o mesmo aos meus olhos
Tentei olhar do meu jeito
Mas a querência tem alma
É o coração em meu peito.

A terra dos meus avós
Hoje renasce florida
É o ciclo normal do campo
Na transcendência da vida
Querência é minha metade
Mesmo depois da partida

Querência me sobra alma
Florindo campo e carqueja
Tens toda força da vida
Embora a gente não veja.

Mas saudades que hoje trago
Vou reformar a tapera
Resgatar minha essência
Aquilo tudo que eu era.

Cada retorno é um abraço
Pra esperarmos com calma
E depois nos entregarmos
Pela querência da alma.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s